Cavaleiro Andante | 26-08-2015 17:29

Ai essa memória...

Ai essa memória...
O momento era solene, de discursos, na inauguração do lar de Vale do Paraíso. Quando chegou a vez de Luís de Sousa, presidente da Câmara de Azambuja, usar da palavra, dirigindo-se ao ministro da Solidariedade e Segurança Social, a hesitação deu lugar ao silêncio. O autarca tinha-se esquecido do nome do governante. Depois lá saiu um tremido “Mota Soares”. Desde logo alguém corrigiu, dizendo que o nome completo era “Pedro Mota Soares”, ao que o presidente respondeu: “roubei o Pedro”. O ministro, com humor, aligeirou a situação: “Já me chamaram coisas piores, não se preocupe”. E o Guarda-Rios acredita que deve ser verdade...

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo