Cultura | 23-03-2006 18:01

Deficientes fazem teatro em Abrantes

A cidade de Abrantes acolhe a partir desta sexta-feira a quarta edição do Festival Nacional de Teatro Especial (FNATES), que inclui peças diárias com actores deficientes no Cine-Teatro de S. Pedro.Até domingo, estão previstas várias peças, entre as quais "O Rapaz de Bronze", de Sophia de Mello Breyner Andersen, que irá ser pela primeira vez encenado por jovens deficientes do Centro de Recuperação Infantil de Abrantes (CRIA), que organiza o evento.Mais do que a conquista de público ou o sucesso da crítica, o FNATES quer valorizar o "teatro como ferramenta terapêutica e pedagógica" junto dos jovens, refere a organização do festival."Partimos do princípio que a educação pela arte é um método fundamental de educação para o futuro" e através da representação os "participantes descobrem novas capacidades na visão, audição e contacto inter-pessoal", consideram os organizadores, salientando que está prevista a presença de um grupo da Madeira e de outros centros para deficientes da região.A deficiência será o factor comum a todos os actores que participarão no evento, à excepção dos que integram o Grupo de Teatro "Palha de Abrantes", que se associa anualmente ao evento.O CRIA tem actualmente 130 utentes oriundos de Abrantes e dos concelhos vizinhos de Constância, Sardoal, Mação e Gavião.Esta estrutura conta com um grupo de teatro, denominado CRIARTE, que leva as suas peças a escolas e instituições que demonstrem interesse no projecto de valorização da pessoa deficiente através das artes cénicas.O preço de cada bilhete é de um euro para o público, sendo gratuito para grupos ou escolas.O primeiro espectáculo tem início às 14h30 e está prevista na cerimónia de abertura a presença da Secretária Nacional para a Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiência, Luísa Portugal.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo