Cultura | 20-07-2008 17:28

Prémio de Investigação Histórica “Eduardo Campos” em Abrantes

Os cidadãos com mais de 18 anos podem concorrer ao Prémio de Investigação Histórica “Eduardo Campos” que foi lançado pela Câmara de Abrantes. Os trabalhos devem ser originais e as obras a concurso inéditas. O prémio tem o valor de 2.500 euros e será atribuído a um único concorrente, podendo o júri atribuir menções honrosas, se assim o entender.Integram o júri do prémio de investigação, Francisco Lopes, chefe da Divisão de Bibliotecas e Arquivos da autarquia, e Luís Filipe Dias e Margarida Moleiro, ambos licenciados em História, com percursos profissionais desenvolvidos em várias vertentes daquela área.Os trabalhos a concurso devem ser entregues em mão ou enviados por correio para: Prémio de Investigação Histórica Eduardo Campos, Câmara Municipal de Abrantes, Praça Raimundo Soares, 2200-366 Abrantes. O vencedor será anunciado em Novembro. O Prémio de Investigação Histórica “Eduardo Campos” foi instituído pela Câmara de Abrantes com o duplo objectivo de promover o conhecimento científico da história do concelho e prestar homenagem a Eduardo Campos. Investigador da história local, falecido em Novembro de 2003, autor e co-autor de vários livros, Eduardo Campos assinou significativo número de artigos apresentados em comunicações, exposições e encontros ou publicados em jornais, boletins, revistas e folhetos de divulgação.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Vale Tejo