Cultura | 29-05-2009 07:42

Desfile de Moda e a maior prova de vinhos do mundo em Coruche

Desfile de Moda e a maior prova de vinhos do mundo em Coruche
A Feira Internacional da Cortiça que decorre de sexta-feira a domingo garante três dias de intensa actividade que vão colocar a vila de Coruche nas bocas do mundo. A maior prova de vinhos do mundo com largas centenas de provadores terá lugar na noite de sábado às 21h30 na praça de toiros e é uma tentativa de colocar Coruche no famoso livro dos recordes, o Guinness Book. Logo a seguir terá lugar a Corrida de Toiros da RTP com uma cartel de luxo que vai levar a emoção da festa brava a todo o mundo através da televisão.A feira, organizada pela Câmara de Coruche (www.ficor-coruche.pt) é inaugurada pelo Ministro da Agricultura na sexta-feira às 12h30 e depois de um debate sobre o futuro da cortiça terá lugar a inauguração do Casino do Vinho no Parque do Sorraia. Já mais animados pelos néctares, os visitantes podem fazer o baptismo de voo em balão de ara quente a partir das 18h00 e à noite, 21h30, todos os olhos estarão postos no palco do Coruche Fashion Cork. É um espectáculo de passagem de modelos vestidos com peças de cortiça com a assinatura de Luís Buchinho. Ana Maria Lucas, a primeira miss Portugal, encenou um espectáculo inédito que vai fazer furor em Coruche.A observação de aves e os passeios em canoa no Sorraia proporcionam experiências no rio e nas herdades à volta de Coruche e o Eco-parque, espaço de promoção das boas práticas ambientais disponibiliza bicicletas e segways para sensibilizar os visitantes para as boas práticas ambientais. Num espaço de animação e promoção, não falta a loja do montado com produtos biológicos incluindo as carnes de porco e toiro bravos, túberas, espargos, mel e ervas aromáticas. Para os amantes da boa gastronomia a praça da restauração apresenta ementas à volta dos Sabores do Montado inspirados nas propostas do chef Luís Suspiro, regados pelos vinhos produzidos na região.A organização espera receber dezenas de milhares de visitantes nos três dias da feira. O melhor é ir com tempo para poder desfrutar de quase tudo “porque tudo é impossível”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo