Cultura | 23-01-2010 09:58

Carlos Coutinho nos Encontros e Desencontros com o Neo-Realismo

Carlos Coutinho é o próximo convidado do Museu do Neo-Realismo, no âmbito dos “Encontros e Desencontros com o Neo-Realismo”. A iniciativa tem lugar este sábado dia 23 de Janeiro, às 16h, no auditório do museu, com entrada gratuita.Os “Encontros e Desencontros com o Neo-Realismo” têm levado ao Museu figuras dos mais diversos domínios culturais da sociedade portuguesa, cuja obra se relaciona com este movimento literário, numa perspectiva de dar a conhecer o seu percurso e de proporcionar momentos de debate com o público.Carlos Alberto da Silva Coutinho é jornalista e escritor. Nascido em 1943, a guerra colonial leva-o a Moçambique, onde presta serviço como enfermeiro militar de Neuropsiquiatria. Fortemente empenhado no combate político, aí participa também num movimento de criadores de cantigas de protesto, que esteve na origem do “Cancioneiro do Niassa”. Regressado a Lisboa em 1969, Carlos Coutinho enveredou pelo jornalismo e integrou-se mais profundamente na luta política contra o regime e a guerra colonial, vindo a ser preso em Fevereiro de 1973.Libertado a 26 de Abril de 1974, retoma a sua carreira jornalística, em paralelo com uma actividade literária diversificada, de onde se destacam as novelas “Uma noite na guerra” e “O que agora me inquieta”, para além de diversas peças de teatro e de textos na área do jornalismo.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo