Cultura | 24-04-2017 01:34

Concerto “Novo Abril” em Santarém

Iniciativas decorrem até 29 de Abril.

Santarém prossegue com as comemorações do 25 de Abril. Esta segunda-feira, 24 de abril, pelas 21h00, Santarém vai evocar a noite em que Salgueiro Maia mobilizou os militares para a revolução de Abril, com o Espetáculo Evocativo da Madrugada do 25 de Abril - “Esta é a Madrugada que eu esperava”, na antiga EPC (Escola Prática de Cavalaria de Santarém), com texto do Coronel Correia Bernardo, na altura capitão, envolvido em toda a movimentação que aconteceu na EPC, antes da saída do Salgueiro Maia.

No Dia da Liberdade, 25 de Abril, das 10h00 às 12h30, vai haver pintura para crianças, no Jardim da Liberdade. Pelas 11h00 vai haver “Cravos para Salgueiro Maia”, no Jardim dos Cravos. Esta cerimónia evocativa do 25 de Abril conta com a presença de familiares, amigos, entidades públicas e oficiais.

Segue-se um almoço de convívio do 25 de Abril, pelas 12h30, na antiga Escola Prática de Cavalaria. Pelas 17h30, a Igreja da Graça recebe o tradicional Encontro de Coros que conta com a participação do Coro do Círculo Cultural Scalabitano, do Coral de Gulpilhares, do Coro Legatto de Mira e do Orfeão de Arouca.

Na quinta-feira, 27 de Abril, pelas 21h30, é apresentado o livro “No Limite da Dor” e uma tertúlia sobre Abril, com testemunhos, ao vivo, de ex-presos políticos, com a presença de Irene Pimentel e dos autores do livro, Ana Aranha, Carlos Ademar, no Fórum Actor Mário Viegas do Centro Cultural Regional de Santarém.

As comemorações encerram no sábado, 29 de Abril, pelas 18h00, com o colóquio “Abril – Presente e Futuro” com o ex-candidato às presidenciais e professor universitário, António Sampaio da Nóvoa, no Fórum Actor Mário Viegas do Centro Cultural Regional de Santarém.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Médio Tejo