Cultura | 30-05-2018 11:21

Toiros mansos em Azambuja na corrida da feira de Maio

1 / 12
Corrida da Feira de Maio em Azambuja

O rejonador colombiano Jacobo Botero

2 / 12
Corrida da Feira de Maio em Azambuja

Samuel Martins dos Amadores do Ribatejo à córnea

3 / 12
Corrida da Feira de Maio em Azambuja

Marcos Bastinhas na colocação de um ferro

4 / 12
Corrida da Feira de Maio em Azambuja

Hugo Abreu dos Amadores da Azambuja empranchado no toiro

5 / 12
Corrida da Feira de Maio em Azambuja

Ana Rita numa ajustada forte

6 / 12
Corrida da Feira de Maio em Azambuja

Nuno Amaro dos Amadores do Ribatejo num dramático momento

7 / 12
Corrida da Feira de Maio em Azambuja

Jocobo Botero num ferro comprido de eficiente efeito

8 / 12
Corrida da Feira de Maio em Azambuja

Telmo Galveias dos Amadores de Azambuja

9 / 12
Corrida da Feira de Maio em Azambuja

Marcos Bastinhas num airoso recorte

10 / 12
Corrida da Feira de Maio em Azambuja

André Martins dos Amadores do Ribatejo recebendo o toiro

11 / 12
Corrida da Feira de Maio em Azambuja

Ana Rita num belo recorte

12 / 12
Corrida da Feira de Maio em Azambuja

Renato Pereira dos Amadores de Azambuja numa pega à barbela

Tradicional corrida da centenária da feira de Maio na Azambuja registou uma boa afluência de público.

A tradicional corrida da centenária da feira de Maio na Azambuja, realizada no passado domingo, dia 17, registou uma boa afluência de público, com um cartaz interessante, constituído pelos cavaleiros Marcos Bastinhas, em duas lides empolgantes, movimentadas e alegres.

A cavaleira Ana Rita, que reapareceu em Portugal, nomeadamente na sua terra, depois de vários anos a actuar em arenas espanholas, onde obteve assinaláveis triunfos, não teve sorte nos dois toiros mansos que lhe tocaram lidar.

Jacobo Botero andou esforçado, comunicando bem com o público, mas sem atingir o brilhantismo. Os toiros de Silva Herculano, mansos na generalidade, também criaram algumas dificuldades aos forcados.

Pelo Grupo do Ribatejo pegaram André Martins, Samuel Martins e Nuno Amaro, e pelo de Azambuja, Renato Pereira, Hugo Abreu dobrado por David Mouchão e Telmo Galveias. A corrida foi bem dirigida por Lourenço Luzio.

Texto e fotos de Henrique de Carvalho Dias

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Médio Tejo