Desporto | 03-03-2005 12:07

Árbitro assistente agredido e carro amolgado

A equipa de arbitragem do jogo Coruchense - Ouriquense foi muito contestada pelo público local e teve dificuldades em sair do Horta da Nora. Uma hora depois do jogo terminado, cerca de três dezenas de pessoas que se encontravam nas imediações do recinto, verificaram que a equipa de arbitragem ia sair e juntaram-se junto ao portão de saída, obrigando a GNR a solicitar reforços ao posto que se encontra perto do local.Mas quando a equipa de arbitragem saia escoltada por sete elementos daquela força, alguém fechou o portão e cercou a comitiva, e antes que o portão fosse de novo aberto, o árbitro assistente Francisco Conde foi agredido a pontapé.Já com a equipa de arbitragem dentro do carro, e mesmo com a protecção da GNR, que confirmou a situação ao nosso jornal, o veículo foi rodeado, abanado, socado e pontapeado, até que o condutor o conseguiu fazer arrancar. Os inconscientes adeptos do Coruchense causaram prejuízos de algum vulto no carro e agora quem vai pagar é o clube.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo