Desporto | 04-09-2010 00:20

José Torres é de uma época em que não se jogava em piloto automático

O presidente da Câmara de Torres Novas, concelho onde nasceu José Torres, afirmou hoje o seu pesar pela morte de “um grande torrejano, um jogador de uma época em que não se jogava em piloto automático, mas por amor à camisola”. Em declarações à Lusa, António Rodrigues fala do antigo jogador José Torres como “uma pessoa muita afectiva com Torres Novas”, que, “muitas vezes, depois de ser o herói dos jogos de domingo à tarde no Benfica, regressava à sua terra para conviver com os seus amigos de sempre”.“José Torres deixa um legado de valores éticos e morais que já não existem no futebol actual”, afirma ainda o presidente da câmara de Torres Novas, município que, há alguns anos, atribuiu o nome de uma rua da cidade ao “bom gigante”, como ficou conhecido a antiga glória do Benfica. António Rodrigues diz ainda que José Torres foi “um dos torrejanos que, apesar de ter vivido muitos anos fora, mais amou a sua terra”. O autarca diz ainda recordar-se “da emoção que sentia quando ficava à espera dele, como muitas outras pessoas de Torres Novas, para o ver chegar depois dos jogos”. O antigo futebolista internacional e seleccionador português morreu ontem, com 71 anos, vítima de doença de Alzheimer.José Torres nasceu a 08 de Setembro de 1938, em Torres Novas, e foi no clube local que iniciou a sua carreira de jogador, entre 1957 e 1959. Notabilizou-se ao serviço do Benfica, em que esteve 12 épocas e ao serviço do qual foi campeão nacional nove vezes, ganhou a Taça de Portugal em três ocasiões.Na selecção nacional, que representou entre 1963 e 1973 (com 14 golos em 34 jogos), fez parte da geração dos "magriços". Depois de terminar a carreira como futebolista, foi seleccionador nacional, garantindo a presença no Mundial do México86. Orientou ainda o Estrela da Amadora, o Varzim e o Boavista.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo