Desporto | 30-07-2018 18:00

Centro de alto rendimento de ginástica acrobática começa a ganhar forma em VFX

Centro de alto rendimento de ginástica acrobática começa a ganhar forma em VFX

Aprovada proposta para 140 atletas da Euterpe Alhandrense usarem pavilhão da antiga Escola da Armada.

Foi aprovada por unanimidade, na última reunião pública da Câmara de Vila Franca de Xira, a proposta de contrato-programa de desenvolvimento desportivo a celebrar entre a câmara e a Sociedade Euterpe Alhandrense (SEA) com vista à cedência, por dois anos, do pavilhão desportivo da antiga Escola da Armada, que é posse do município.

O objectivo é permitir que 140 atletas de ginástica acrobática da SEA possam continuar a praticar desporto. Até hoje os atletas praticavam num salão do quartel dos Bombeiros de Alhandra, adaptado para o efeito. Entretanto a associação de bombeiros precisou de reverter o salão para a sua posse e já deu guia de marcha aos atletas. A falta de pavilhões ou espaços alternativos na zona levou a câmara municipal a equacionar o pavilhão da antiga Escola da Armada.

O equipamento, piso e infraestruturas, está em bom estado mas o documento agora aprovado prevê que a câmara realize pequenas reparações – como a substituição de vidros partidos – ou outros pequenos trabalhos, bem como a ligação de ramais de água e solicitação de ligação eléctrica ao local.

“Vamos procurar que o investimento municipal a recuperar o pavilhão seja o menor possível. Sei da disponibilidade da Euterpe, através dos pais, para ajudar no que for preciso. É uma situação complicada. Se não fosse através desta proposta não sei como é que aqueles 140 atletas poderiam desenvolver a actividade. Parece-me uma situação equilibrada, é por 2 anos e será avaliado no final desse prazo, mas acredito que pode ser ali criado um centro de alto rendimento para a acrobática”, defendeu Alberto Mesquita, presidente do município.

Os equipamentos de treino vão ficar fixados ao solo, permitindo uma maior comodidade e prestação dos atletas. Com esta aprovação, os atletas da ginástica acrobática da Euterpe serão os primeiros a beneficiar de uma das estruturas daquele antigo complexo militar adquirido pela câmara e que estava fechado há mais de 12 anos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo