Economia | 18-05-2006 09:00

Nersant contra prepotência da Segurança Social

A Nersant diz que a Segurança Social ao cobrar dívidas que não existem criou um “clima intimidatório e de excessiva agressividade” sobre as empresas.A Associação Empresarial da Região de Santarém (Nersant) está indignada com a actuação da Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social (IGFSS), que nas últimas semanas terá citado, de forma indiscriminada, cerca de seis mil empresas a pagar dívidas que, na maior parte dos casos, serão inexistentes.Por isso defende a suspensão imediata das citações de instauração de processos de execução fiscal. E que a clarificação da situação contributiva seja feita através da simples notificação do IGFSS e antes da instalação de qualquer processo de execução. Advoga ainda que a oposição da empresa seja feita por simples reclamação e que esta tenha efeitos suspensivos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo