Economia | 05-05-2009 15:24

Trabalhadores da Platex com futuro comprometido em Tomar

Os trabalhadores da Platex - Indústria de Fibras de Madeira (IFM), em Valbom, Tomar, vão permanecer em casa pelo menos até domingo, 10 de Maio. A empresa suspendeu a produção no início de Abril, por "incapacidade financeira" e aguarda ainda a resposta do Ministério da Economia face a um eventual apoio para manter os postos de trabalho. O salário de Março foi pago em três tranches ao longo do mês de Abril e segundo Aquilino Coelho, do Sindicato dos Trabalhadores da Construção, Madeiras, Mármores e Cortiças do Sul, o vencimento de Abril deve ser pago na totalidade até ao final da próxima semana. Entretanto, os trabalhadores da Platex foram surpreendidos, na passada semana, com a decisão da administração da empresa recorrer ao “lay-off”, situação que vai atingir 220 dos 240 trabalhadores, caso entre em vigor. Esta terça-feira, 5 de Maio, sindicato e trabalhadores estiveram reunidos com a administração da empresa que lhes reafirmou que no dia 28 se dará início ao lay-off. A empresa está a desenvolver contactos com o Instituto de Emprego e Formação Profissional com vista à possível implementação desta medida.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo