Economia | 06-05-2009 07:47

Empresário Alexandre Alves tem mega projecto para o CNEMA

Uma fábrica de painéis solares, um parque temático, um hotel e uma piscina olímpica são alguns dos destaques de um projecto que chegou recentemente ao conhecimento da Câmara de Santarém.Depois de ter construído e vendido o Retail Park de Santarém, o empresário Alexandre Alves volta a atacar na cidade com um projecto empresarial de grandes dimensões que prevê ocupar toda a área onde actualmente está implantado o Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, de que a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) e a Câmara de Santarém são os principais accionistas. Isto a fazer fé numa planta do projecto a que o MIRANTE teve acesso.Para já, o representante do município na administração do CNEMA, o vereador António Valente (PSD), nada sabe sobre um eventual negócio entre o complexo de exposições, liderado pelos homens fortes da CAP, e a Retail Parks de Portugal de Alexandre Alves. Mas na última sessão da Assembleia Municipal de Santarém, o presidente da câmara, Francisco Moita Flores (PSD), garantiu que já foi contactado duas vezes por causa desse projecto. “A ser verdade o que vi, o empresário Alexandre Alves está para comprar o CNEMA”, declarou Moita Flores acrescentando: “As plantas que tenho em cima da minha secretária passam pela compra global do CNEMA, mas não posso confirmar isso porque o nosso representante na administração não sabe de nada”. A dar crédito à planta a que O MIRANTE teve acesso, Alexandre Alves pretende mudar completamente o rosto do CNEMA, com a criação de um parque temático e de lazer, a construção de uma unidade de produção de silício (elemento químico usado em células fotovoltaicas que transformam a energia solar em energia eléctrica), a construção de um hotel com 120 quartos e uma piscina olímpica.Prevê ainda a implantação de um novo pavilhão de exposições, de um segundo Retail Park próximo do actual e de um Office Park que inclui o actual edifício da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo. O projecto integra ainda a remodelação das duas naves de exposições existentes. Em causa está uma área de 62,7 hectares, com 30 por cento de zonas verdes.Contactada por O MIRANTE acerca desse empreendimento, a Retail Parks de Portugal referiu que em termos de projectos empresariais de grande dimensão em Santarém tem apenas em fase de concurso a empreitada do, já há muito anunciado, parque empresarial a construir em terreno adjacente ao Retail Park, que prevê criar 285 postos de trabalho.Quanto às questões colocadas acerca de eventuais negociações para aquisição do CNEMA e sobre o projecto de que vimos o esboço e respectivos prazos, a administração da Retail Parks de Portugal referiu que “não podem ter qualquer resposta da nossa parte pois não merecem nenhuma credibilidade”.O MIRANTE contactou o administrador executivo do CNEMA, Luís Mira, para tentar obter esclarecimentos, mas o responsável disse nada ter a declarar sobre o assunto.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo