Economia | 21-03-2012 13:51

Aterro sanitário da Valnor já transforma biogás em energia

O aterro sanitário de Concavada, em Abrantes, iniciou oficialmente na terça-feira, 20 de Março, a produção de energia a partir do aproveitamento do biogás produzido no local. A Valnor, empresa responsável pelo equipamento, refere foi feito um investimento de 1.3 milhões de euros que permite dotar o aterro de um sistema de captação, encaminhamento e queima de biogás para produção de energia elétrica e térmica. A célula do aterro onde eram depositados os resíduos sólidos urbanos foi encerrada e requalificada ambientalmente, para que o lixo seja reaproveitado para produzir energia. Rui Gonçalves, presidente do Conselho de Administração da Valnor, empresa responsável pela recolha, triagem, valorização e tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU), afirmou que o investimento é "significativo para a sustentabilidade ambiental" do concelho de Abrantes e da região, tendo assegurado que todo o biogás criado no aterro vai ser queimado e transformado em energia elétrica. "O aterro, agora totalmente coberto e impermeabilizado, vai produzir durante os próximos anos grandes quantidades de biogás, um gás altamente poluente e que seria libertado para a atmosfera", disse.* Notíca completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo