Economia | 09-01-2013 00:08

Parque de Negócios do Cartaxo já tem licença do Ministério da Economia

O Parque de Negócios do Cartaxo (ValleyPark) é, desde o Natal, a terceira área de localização empresarial (ALE) do país, depois de Rio Maior e de Torres Novas terem obtido a mesma classificação, em 2008 e 2012, respectivamente.O presidente da Câmara Municipal do Cartaxo classifica de “histórica” a decisão de dia 26 de Dezembro, pelo impacto que vai ter no desenvolvimento económico e crescimento social da região.“A partir deste momento a sociedade gestora do Parque de Negócios passa a ter competência e autonomia no licenciamento das empresas que aqui se instalem, o que representará ganhos extraordinários para as mesmas – é sinónimo de rigor, mas de menos tempo de espera nos licenciamentos”, exemplifica Paulo Varanda.Para além desta autonomia, o Parque de Negócios oferece às empresas condições fiscais que não poderão encontrar noutros locais. Explica o autarca que “todas as operações de compra de lotes ficarão isentas de IMT e IMI durante 10 anos, o que representa um aumento de competitividade quer para empresas, quer para a região que as acolhe”, defende o autarcaPaulo Varanda afirmou ainda que a conquista desta licença é um factor de atractividade para empresas e empresários, num momento “em que a criação de condições para a criação de postos de trabalho é a prioridade do município”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo