Economia | 25-01-2013 00:04

Prejuízos na agricultura devem ser comunicados à DRAPLVT

A comunicação dos prejuízos em actividades agrícolas causados pelo temporal dos últimos dias deve ser feita com a maior brevidade possível, avisa a Câmara Municipal de Tomar em comunicado. De acordo com a mesma, a Direcção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo (DRAPLVT), informa que, no seguimento do balanço provisório dos prejuízos causados pelo mau tempo na região iniciou já os trabalhos de vistoria, no sentido de efectuar uma avaliação rigorosa dos danos e prejuízos causados nas explorações agrícolas. Os agricultores da região de Lisboa e Vale do Tejo afectados deverão contactar a Direcção Regional através do endereço de correio electrónico info@draplvt.min-agricultura.pt ou através de contacto telefónico, com todas as informações sobre os danos, prejuízos e pedidos de vistoria. Os contactos são: Delegação Regional do Oeste - 262 889 200; Delegação Regional do Ribatejo - 241 360 180; Delegação Regional da Península de Setúbal - 265 509 410 e Sede da DRAPLVT em Santarém - 243 377 500. Após o levantamento de todas as situações relatadas, por parte das equipas da DRAPLVT, de uma forma qualitativa e quantitativa, tanto ao nível global regional, como ao nível de cada produtor, a Direcção Regional remeterá ao Ministério da Agricultura um ponto de situação dos prejuízos na agricultura na região de Lisboa e Vale do Tejo. Mais informações em www.draplvt.min-agricultura.pt.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo