Economia | 28-11-2013 00:02

Próximo Quadro Comunitário contempla pela primeira vez apoio financeiro ao "Business Angels"

O próximo quadro comunitário 2014/2020 vai contemplar, pela primeira vez, medidas de apoio financeiro aos Business Angels de Portugal, reconhecendo assim a importância do trabalho desenvolvido pela associação de empresários. A informação foi avançada por Pedro Nunes, director executivo da Business Angels do distrito de Santarém durante a 7ª Semana Nacional de Business Angels que decorreu no auditório da Escola Superior Agrária de Santarém.A iniciativa integrou a primeira Semana Europeia de Business Angels, que decorre em 34 países e inclui 140 eventos do género. Pedro Nunes referiu que nos últimos 30 meses foram constituídas 88 empresas com investimentos dos Business Angels, envolvendo quase 15 milhões de euros de investimentos financeiros. "Dá uma média de criação de três empresas por mês. Já é um volume que começa a ter impacto na nossa economia. Estes números traduzem bem a dinâmica que o Business Angels tem estado a implementar em Portugal", refere o director executivo.Os quatro primeiros anos de actividade dos Business Angels em Santarém foram difíceis sobretudo porque, explica aquele responsável, os próprios empreendedores não estavam familiarizados com o conceito. "Muitas vezes nem sabiam da nossa existência e os que sabiam não conheciam o projecto e os objectivos", sublinha. Pedro Nunes explica que actualmente estão a passar por uma fase de maior concretização de negócios e operações."As coisas estão bem melhores, os empreendedores estão mais capacitados e os projectos aparecem muito melhor estruturados", relata.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo