Economia | 29-11-2013 00:20

Governo garante que vai apoiar empresas com o novo quadro comunitário

Governo garante que vai apoiar empresas com o novo quadro comunitário
O jantar inserido na 2ª edição do Nersant Business, que decorreu na noite desta quinta-feira, 28 de Novembro, no CNEMA, em Santarém, juntou, entre vários empresários portugueses e estrangeiros, a presidente da Nersant, Salomé Rafael, o presidente da CIP (Confederação da Indústria Portuguesa), António Saraiva, o presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, e o secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, Manuel Castro de Almeida.Durante a sua intervenção Ricardo Gonçalves fez um apelo ao secretário de Estado para que o próximo quadro comunitário 2014/2020 não seja tão “trapalhão” ao nível dos regulamentos e burocracias como foi o anterior que termina agora a 31 de Dezembro de 2013. O presidente da Câmara de Santarém referiu ainda que é “fundamental” que haja acesso ao dinheiro do novo fundo comunitário já no primeiro trimestre de 2014.Um pedido que Manuel Castro de Almeida revelou logo que seria impossível de concretizar. Na melhor das hipóteses Portugal terá acesso a estes dinheiros no segundo semestre do próximo ano. Depois de um longo discurso, o secretário de Estado afirmou que o próximo quadro comunitário vai dar prioridade às empresas. “São as empresas que geram riqueza e criam emprego. A salvação do nosso país está nas empresas e nos empresários por isso o Governo vai apoiá-las com a ajuda do próximo quadro comunitário”, sublinhou.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo