Economia | 05-11-2015 11:08

Cartaxo investe na recolha de lixo

Os serviços de recolha de resíduos e limpeza urbana (RRLU) do Cartaxo iniciariam no dia 19 de Outubro o acompanhamento da segunda intervenção de limpeza de contentores (a primeira ocorreu em Julho e Agosto deste ano) no concelho. Este serviço decorre do contrato que o município celebrou, através de concurso público, com a empresa Recolte, no valor de 138.500 euros, por um período de três anos. Os trabalhos de lavagem a quente, desinfecção, desengorduramento e desodorização de contentores e baldes de recolha de lixo iniciaram-se na cidade do Cartaxo e vão continuar em todas as freguesias do concelho. Os trabalhos prevêem uma média de cinco lavagens por ano de mais de 1500 contentores e baldes.Cerca de 40 dos contentores de mil litros adquiridos pela Câmara do Cartaxo já estão distribuídos pelo concelho. Os 10.430 euros que a autarquia investiu nestes equipamentos permitiram a aquisição de 70 contentores para substituição de equipamentos - que se encontravam tão danificados que já não era possível repará-los - e reforçar o número de contentores disponíveis em algumas zonas do concelho.O presidente do município, Pedro Magalhães Ribeiro (PS), diz que a limpeza do espaço público e a recolha de resíduos sólidos urbanos são áreas prioritárias no seu mandato. “Estes são serviços municipais que intervêm ao nível da saúde pública e são dos mais deficitários, enfrentando enormes carências de recursos, quer humanos quer de equipamentos e de veículos de recolha”, afirma recordando que a câmara municipal dispõe de três carros de recolha para todo o concelho. “O mais novo tem mais de 15 anos, os outros dois 16 e 17 anos, percorrem centenas de quilómetros e é raro o dia em que não precisam de reparações. Já aconteceu termos os três veículos na oficina ao mesmo tempo”, refere.A aquisição de um veículo de recolha de resíduos é o próximo investimento previsto nesta área. Pedro Ribeiro afirma que, no âmbito dos apoios financeiros, aos quais “são obrigados a recorrer”, a câmara municipal está a “fazer tudo o que é possível para que as entidades responsáveis nos permitam incluir na previsão de investimento, a aquisição de um veículo de recolha que possa dar descanso aos carros muito velhos que temos e nos permita responder melhor às necessidades de recolha de resíduos”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo