Economia | 01-07-2017 16:16

Startup Santarém ajudou a criar mais de seis empresas por mês em 2017

Inaugurada em 2016, essa valência nasceu de uma parceria entre a Nersant e a Câmara de Santarém.

No primeiro trimestre de 2017, foram vinte as empresas criadas com o apoio da Startup Santarém. Inaugurada em 2016, essa valência, nascida de uma parceria entre a Nersant e a Câmara de Santarém, veio dar um novo fôlego ao empreendedorismo na região do Ribatejo, mas há muito que a Nersant tem vindo a apoiar a inovação empresarial antes de ser moda. Exemplo disso foi a criação, há quatro anos, de um programa especializado no empreendedorismo, o Sítio do Empreendedor (http://sitiodoempreendedor.nersant.pt).

Nos quatro anos completos que dura esse programa (2013 a 2016) foram apoiados 1558 empreendedores que amadureceram as suas ideias, foram preparadas 401 candidaturas a algum tipo de sistemas de incentivos ao empreendedorismo com o respectivo Plano de Negócios, e foram criadas 356 empresas e 511 postos de trabalho. As startups criadas com o apoio da Nersant investiram no seu arranque mais de sete milhões de euros.

A Startup Santarém procura apoiar os empreendedores quer nos processos de aceleração dos seus projectos - da ideia ao negócio - e no encontro de financiamento, visando uma mais rápida operacionalização e entrada do projeto empresarial no mercado, quer depois, nos primeiros anos de implementação e consolidação. As empresas são criadas com viabilidade económica e a taxa de sobrevivência é muito superior à média nacional.

Em termos de condições a Startup Santarém, que funciona no antigo quartel da Escola Prática de Cavalaria, junta às infraestruturas físicas, um vasto conjunto de serviços de apoio aos empreendedores, desde a fase da maturação da ideia, até à fase de consolidação, com a participação de consultores, mentores, peritos, financiadores, especialistas em propriedade intelectual, entidades com responsabilidades nas questões do licenciamento, entidades do sistema científico e tecnológico, etc... A Nersant actua como dinamizadora e activo de ligação entre os empreendedores e toda essa rede.

Mais Notícias

    A carregar...
    Dançarinas ribatejanas entre as melhores da Europa
    Foto do Dia
    As atletas do Coreo Dance Project, de Benavente, e da ODAC - Oficina de Artes de Coruche alcançaram o quarto lugar na grande final europeia de dança, realizada no Palácio de Congressos de Paris. As atletas têm entre os 7 e os 24 anos e para a responsável do grupo, Marta Salsinha, foi “uma experiência incrível” poder competir com os maiores e melhores bailarinos e coreógrafos da Europa. Uma prestação que deixa orgulhosos os atletas mas também as localidades de Benavente e Coruche. Na comitiva, além dos 25 bailarinos, seguiram também pais e amigos dos atletas. Entretanto, Marta Salsinha está entre os oito nomeados para a categoria de melhor coreógrafo de estilo livre e contemporâneo de 2017, nos Prémios Internacionais Duende que distinguem o que de melhor se faz na dança em Portugal, Espanha, Gibraltar e França.
    Foto do Dia | 24-09-2017

    Edição Semanal

    Edição nº 1317
    21-09-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1317
    20-09-2017
    Capa Médio Tejo