Economia | 05-12-2017 11:12

Cepsa no mercado de gás butano e propano através da Agostinhos Gás

Cepsa no mercado de gás butano e propano através da Agostinhos Gás
ENERGIA

Empresa de Santarém já comercializa a marca e vai alargar área geográfica a todo o distrito

A Cepsa começou a comercializar garrafas de gás butano e propano em Portugal em Setembro deste ano. O processo vai decorrer de forma faseada e abrangerá todo o território nacional em meados do próximo ano. A empresa já vendia gás engarrafado em Espanha e decidiu entrar também no mercado português devido à elevada procura, como explica o responsável pelo negócio no nosso país, Luís Vieira.


“Decidimos que, devido à elevada procura por este produto em Portugal, também deveríamos contribuir para este mercado com um produto novo e com as mesmas inovações que introduzimos em Espanha. Foi esta a motivação para entrarmos no mercado português, um mercado que conhecemos bem e de perto há mais de 50 anos”, explica.


No Distrito de Santarém o distribuidor do gás Cepsa é a empresa Agostinhos Gás, com sede no centro histórico de Santarém, no nº 32 da rua 5 de Outubro, que tem como responsável António Quintela.
Através da Agostinhos Gás e de parceiros locais da empresa, a comercialização do gás Cepsa, butano e propano, já está a ser distribuído em praticamente todos os concelhos, estando prevista a cobertura de todo o Distrito de Santarém até ao final do ano, com diversos pontos de venda.
“Todos os consumidores poderão ter acesso ao produto, ainda que a data de colocação do mesmo possa variar entre concelhos. É difícil prever qual o volume exacto que estará em circulação, mas este será sempre suficiente para corresponder à procura”, explica António Quintela.


No total, a Cepsa conta investir cerca de 20 milhões de euros no processo de expansão comercial do gás engarrafado em Portugal. O Distrito de Santarém é considerado pela empresa como tendo grande potencial e contará com uma parte substancial daquele investimento.


O objectivo será atingir uma quota de mercado idêntico há que existe em Espanha, que ronda os 23% a 24%. “Santarém representa de forma significativa o potencial nacional de vendas de gás engarrafado, mas a quota que atingiremos dependerá das condições do próprio mercado, dos níveis de adesão ao novo produto e da própria capacidade de penetração da marca nesta região”, explica Luís Vieira.


E refere vários factores diferenciadores que acredita poderem levar os consumidores a escolher o gás Cepsa. “Temos um produto Premium a um preço competitivo. É uma garrafa de uso fácil, mais leve (pesa em vazio aproximadamente metade das garrafas tradicionais) e mais resistente a impactos e que é, por isso mesmo, mais segura”, acrescenta.


Na primeira fase os mais curiosos sobre o produto poderão saber mais sobre o mesmo e encomendá-lo através de uma App gratuita. O site do produto e a linha telefónica 243 325 231 (distrito de Santarém) servirão os mesmos propósitos. Também num primeiro momento o cliente poderá usufruir de um kit de renovação de acessórios grátis, que lhe permitirá facilmente experimentar a nova garrafa de gás, bem como de um seguro de responsabilidade civil.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1329
    13-12-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1329
    13-12-2017
    Capa Médio Tejo