Educação | 04-10-2006 08:35

Calhandriz preocupada com encerramento da escola

A Associação de Pais e Encarregados de Educação (APE) da EB1 da Calhandriz, no concelho de Vila Franca de Xira, está preocupada com o encerramento da escola proposto pela carta educativa que está em discussão pública. Defendem que a deslocalização dos alunos é penalizadora para a sua formação. Para o presidente da APE, José António Caeiro, “tirar os meninos do meio em que estão onde têm um melhor ambiente, mais tranquilidade é um erro”. Para o responsável a solução passa pela criação de um ATL na freguesia que levaria mais crianças a frequentar a escola. Para demonstrar o seu descontentamento a associação organizou um abaixo-assinado tendo recolhido cerca de 500 assinaturas que já entregou à Câmara Municipal de Vila Franca.A vereadora da educação já garantiu no entanto que o encerramento do estabelecimento de ensino não é uma decisão definitiva. Maria da Conceição Santos adiantou que a carta educativa do concelho é monitorizada todos os anos, estando a autarquia “ disponível para fazer acertos”. A responsável assegurou ainda que “ nenhuma escola é encerrada sem ouvir os pais dos alunos antecipadamente”. Maria da Conceição Santos lembrou, no entanto, que as previsões demográficas actuais indicam que nos próximos anos Calhandriz terá apenas 45 crianças para os quatro níveis escolares. “Se isto se verificar não é possível constituir uma turma por cada ano”, defendeu.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo