Educação | 12-10-2006 17:07

Câmara Vila Franca prevê fechar 22 escolas até 2015

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira prevê encerrar 22 escolas até 2015, entre as quais a primária de Calhandriz, o que desagrada à Junta de Freguesia."Estamos contra o fecho da escola, a única que temos, porque é um bem essencial para a nossa freguesia", disse à Lusa o presidente da junta de Calhandriz, António Salvador.Entre as propostas incluídas pela autarquia na Carta Educativa do concelho, em consulta pública até ao fim do mês, está o encerramento de 22 estabelecimentos de ensino e o investimento de cerca de cem milhões de euros em Educação.Além do fecho da escola básica do 1º ciclo de Calhandriz, a Carta propõe que encerrem também as primárias de Quintas, em Castanheira do Ribatejo, Povos, Cachoeiras, São João dos Montes, Quinta da Marquesa, em Alhandra, e Brejo, em Alverca.Quanto à construção de novos estabelecimentos de ensino, a prioridade vai para zonas de expansão urbana do concelho, como a Malva Rosa, em Alverca, ou a Nova Vila Franca.A proposta da nova Carta Educativa foi apresentada no final de Julho e tem um horizonte de vigência até 2015.O prazo de consulta pública da proposta da Carta Educativa elaborada pela Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, inicialmente previsto até 06 de Outubro, foi alargado até ao dia 31, disse à Lusa fonte da autarquia.A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira promove sexta-feira e sábado três sessões de esclarecimento sobre a Carta Educativa do Concelho.A primeira sessão de esclarecimento é às 21:00 de sexta-feira no Palácio da Quinta Municipal da Piedade, na Póvoa de Santa Iria.Sábado, decorrem as outras duas sessões, uma às 15:00 em Alverca do Ribatejo, a terceira às 21:00 em Vila Franca de Xira.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo