Educação | 04-03-2012 10:58

Mestrado ensina o que é a construção sustentável no Politécnico de Tomar

“A reabilitação urbana não deve ser vista só como uma forma de prolongar a vida dos edifícios mas uma forma de valorizar o património construído e revitalizar a economia urbana através da melhoria do ambiente económico, físico e social”.Foi este o ponto de partida para a criação do Curso de Mestrado em Reabilitação Urbana (MRU) que está actualmente a ser leccionado no Instituto Politécnico de Tomar (IPT). O objectivo passa por promover a aquisição de conhecimentos científicos e de competências técnicas gerais no domínio da reabilitação do património arquitectónico e das infra-estruturas urbanas, tendo subjacentes as questões ambientais, de sustentabilidade, de eficiência energética e de revitalização dos núcleos urbanos.“A crise pode ser uma oportunidade para se repensar as zonas urbanas de forma inteligente para as tornar mais competitivas e mais coesas”, considera o arquitecto Jorge Mascarenhas, membro da Comissão de Coordenação do Curso de MRU. Este mestrado, com um perfil profissionalizante vocacionado para obra, está a ser leccionado em consórcio com o Instituto Politécnico de Portalegre, sendo estruturado em quatro semestres, num total de 120 créditos (ECTS) incluindo um Projecto ou Estágio. Leccionado em regime pós-laboral, a formação tem como público-alvo os licenciados em Engenharia Civil, Arquitectura e áreas afins.Em paralelo, Jorge Mascarenhas lança no dia 9 de Março, na sede da Ordem dos Arquitectos, em Lisboa, o seu 13.º livro que dedica ao tema da Reabilitação Urbana, fruto de um trabalho de investigação de recolha e de sistematização de informação técnica no âmbito destas temáticas. Neste livro, o autor procurou sistematizar diversas técnicas de reabilitação para que os estudantes possam, de forma ilustrada, apreender as diversas técnicas mas também onde os profissionais do sector possam encontrar a técnica mais adequada para um determinado problema. O livro tem, por isso, a curiosidade de ser manuscrito e profusamente ilustrado, sendo considerado uma obra única no sector da reabilitação urbana.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo