Memória | 23-09-2017 00:05

José Niza

Faleceu a 23 de Setembro de 2011 com 73 anos

Médico psiquiatra, político, poeta, escritor, compositor e ilustre cidadão de Santarém. O seu nome ficou ligado à renovação da canção portuguesa nos anos 60 e 70 do século XX. Uma das suas canções "E depois do Adeus", com música do também já falecido maestro José Calvário e cantada por Paulo de Carvalho, foi uma das senhas da revolução de 25 de Abril de 1974, a par de "Grândola Vila Morena" de José Afonso. Era militante e foi dirigente do Partido Socialista. No prefácio do livro “Poemas de Guerra – Angola 1969/1971” (edição O MIRANTE), Francisco Pinto Balsemão escreve que o mundo precisa de poetas como José Niza para ser mais suportável.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo