Política | 26-02-2005 22:36

Congresso do PSD de 08 a 10 de Abril em Pombal

O conselho nacional do PSD marcou hoje o congresso extraordinário do partido, destinado a eleger o novo líder social-democrata, para os dias 08, 09 e 10 de Abril, em Pombal, Leiria.

Além de Pombal, a outra alternativa para albergar o congresso era a cidade do Porto.Na mesma reunião ficou também decidido que o próximo congresso não incluirá, na sua ordem de trabalhos, qualquer ponto referente à revisão de estatutos do partido, inviabilizando assim a eleição do próximo líder do partido por voto directo e secreto dos militantes.Com esta decisão fica derrotada a proposta do candidato à liderança Luís Filipe Meneses que defendia que o sucessor de Pedro Santana Lopes na presidência dos sociais-democratas deveria ser escolhido através do voto directo dos militantes.As decisões dos conselheiros nacionais do PSD foram tomadas por voto secreto.O congresso extraordinário do PSD foi pedido por Pedro Santana Lopes na noite do passado domingo, depois de o seu partido ter sido derrotado pelos socialistas nas legislativas antecipadas.Nessa noite, Santana Lopes anunciou que ia pedir a convocação de um congresso extraordinário do PSD para analisar o futuro do partido e o resultado das eleições que deu a vitória ao PS com maioria absoluta e acabou por afastar os sociais-democratas do poder, alcançado em Março de 2002.Dois dias depois, Pedro Santana Lopes anunciou que não se iria recandidatar ao cargo de presidente do partido no congresso extraordinário, hoje marcada para 08, 09 e 10 de Abril, em Pombal.Pedro Santana Lopes foi eleito em Julho de 2004 líder do partido pelo Conselho Nacional do PSD, na sequência da saída de Durão Barroso para a presidência da Comissão Europeia, cargo que viu reconfirmado em Congresso quatro meses depois, em Novembro.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo