Política | 18-04-2006 09:57

Lider do CDS-PP de Santarém assume candidatura em nome do "debate de ideias"

O presidente da distrital de Santarém do CDS-PP, Herculano Gonçalves, assumiu-se ontem como candidato à liderança do partido, mas apenas com o objectivo de debater as ideias da moção que apresentará ao congresso."Apresentamos uma candidatura porque somos a isso obrigados", justificou Herculano Gonçalves, depois de entregar na sede do CDS-PP a moção "Na união está a razão".Segundo os regulamentos do congresso, quem entregar uma moção de estratégia tem de apresentar também uma candidatura à liderança do partido.No entanto, Herculano Gonçalves não exclui a hipótese de desistir de levar a votos a sua moção, se a forma como decorrer o congresso justificar o apoio a um outro documento estratégico."O nosso primeiro objectivo é debater a organização do CDS", explicou o líder da distrital de Santarém, sublinhando que, actualmente, a Comissão Política Nacional e o Conselho Nacional "não representam todo o país".Para alterar esta situação, a moção que entregou defende que nestes dois órgãos exista pelo menos um representante de cada distrito e das duas Regiões Autónomas.Por outro lado, a moção "Na União está a Razão" preconiza também a criação de três lugares de secretário-geral, "um de cada ponto do país", e de três vice-presidentes, um dos quais seria o porta- voz do partido.Também na distribuição das receitas do partido, Herculano Gonçalves quer aumentar o peso das distritais, defendendo que devem caber a estas estruturas 20 por cento das receitas fixas do CDS-PP.A moção reafirma ainda a posição tradicional dos democratas- cristãos em futuros referendos - "não" à despenalização do aborto e "não" à regionalização - e defende que o partido concorra isolado em eleições de âmbito nacional."Excepcionalmente, aceitaremos uma coligação governamental que garanta acima de tudo a defesa dos nossos ideais, e que sirva Portugal", sublinha o texto.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo