Política | 16-05-2009 07:54

PS apresenta candidato à câmara de Salvaterra em ambiente de festa

O PS de Salvaterra de Magos escolheu um independente, que se assume como sendo da "família social-democrata", para liderar a candidatura à Câmara Municipal nas próximas autárquicas. A apresentação pública será esta tarde às 17h00 numa festa em frente do edifício da câmara com porco no espeto e vinho distribuidos gratuitamente aos convidados.Hélder Esménio, 49 anos, engenheiro civil de formação e funcionário da autarquia, disse que se sentiu "honrado" com um convite que "demonstra vontade do partido de se abrir ao exterior".O candidato disse ter recebido "luz verde" do PS para constituir a sua equipa, estando a convidar cidadãos, de várias áreas, "entrosados" num projecto que resolva os problemas do concelho.Hélder Esménio não tem militância política, tendo um passado de forte ligação ao associativismo do concelho, onde reside há 27 anos.Entre as razões que o levaram a aceitar o desafio, refere a necessidade de inverter indicadores como os elevados índices de desemprego no concelho, o baixo poder de compra, as taxas de abandono escolar, o envelhecimento da população e existência de poucos equipamentos para idosos, a não captação de empresas, uma rede viária degradada e ausência de política cultural, entre outras.O concelho de Salvaterra de Magos foi gerido por maiorias socialistas entre 1976 e 1997, tendo o PS perdido nesse ano a autarquia para a CDU, que apresentou então como candidata Ana Cristina Ribeiro.A autarca entrou em ruptura com o PCP, acabando por se candidatar, em 2001 e 2005, como independente pelo Bloco de Esquerda, conquistando a única autarquia do país para este partido.O actual executivo autárquico integra quatro eleitos do BE, um do PSD, um do PS e outro da CDU.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo