Política | 13-01-2010 13:53

Deputado municipal de Tomar demite-se do PSD

Deputado municipal de Tomar demite-se do PSD É a primeira baixa política após a coligação PSD-PS que actualmente governa a Câmara Municipal de Tomar. António Cruz, deputado na assembleia municipal de Tomar eleito pelo Partido Social Democrática (PSD) enviou, na passada semana, a sua carta de demissão à comissão política da concelhia, desistindo também de ser militante do partido. “Não me revejo no PSD de Tomar. O partido não tem uma identidade ou um rumo certo e há um claro desvirtuamento do programa político”, justifica a O MIRANTE. De acordo com o mesmo “nunca se falou entre os militantes da possibilidade de uma coligação com o Partido Socialista, que andávamos a combater há 12 anos”, atribuindo a responsabilidade da sua decisão à actual liderança da concelhia “que está a fazer mais mal do quem bem ao PSD”. António Cruz ocupou o sétimo lugar nas listas do PSD à presidência da câmara municipal e foi o mandatário financeiro da última campanha autárquica. Apesar de se demitir do partido, vai continuar a ocupar o seu lugar na assembleia municipal de Tomar passando a ser referenciado como “deputado não inscrito”. Em 2009, antes do período eleitoral apresentaram demissões da concelhia social democrata José Delgado, Graça Costa, Isabel Miliciano e Ivo Santos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo