Política | 25-01-2010 14:11

Câmara da Golegã investe três mil euros na remodelação do salão nobre

O salão nobre dos paços do concelho da Golegã, onde se realizam habitualmente as reuniões do executivo camarário e da assembleia municipal, foi remodelado. No lugar onde estavam apenas as cadeiras destinadas ao público foi acrescentado uma bancada semi-circular. Um pedido dos deputados municipais a que o presidente da câmara acedeu.“Os deputados municipais reclamavam que não tinham condições de trabalho durante as reuniões das assembleias municipais e que precisavam de um apoio para escrever. Optei por fazer um pequeno parlamento com a bancada e a verdade é que já não existem reclamações”, explica a O MIRANTE, o presidente do município, José Veiga Maltez (PS).A remodelação aconteceu em Setembro de 2009 e envolveu um investimento de cerca de três mil euros. Além da colocação da bancada, também as fotografias de todos os presidentes que governaram o município da Golegã foram substituídas por quadros pintados a óleo. Segundo Veiga Maltez, a ideia surgiu depois de ter visitado outros paços de concelho do país e da Europa. “A pintura a óleo transmite um maior dinamismo do que a fotografia, que é mais estática. Além disso, os quadros dão um ar mais acolhedor e dãp também uma maior relevância ao próprio património municipal”, refere o autarca, acrescentando que os quadros foram pintados pelo artista Serrão de Faria, natural da freguesia de Azinhaga.A parede central do salão nobre dos paços do concelho do município da Golegã foi pintada de vermelho, um gosto pessoal do presidente que considera dar “mais nobreza e dignidade à sala”. Apesar do pedido dos deputados ter acelerado o processo de remodelação do espaço, era objectivo do executivo municipal reabilitar a principal sala do edifício da autarquia. Um projecto que, de acordo com o presidente do município, tem vindo a ser desenvolvido aos poucos. “Queremos dar outro ar ao salão que, no fundo, é a sala de visitas dos paços do concelho. E é também uma forma de as gerações vindouras conhecerem o passado do seu próprio concelho”, explica.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo