Política | 14-08-2015 14:00

Presidente de Tomar recusa comissão para prevenir poluição do Nabão

Oposição insiste no acompanhamento das situações que resultam em mortandade de peixes

O vereador do movimento Independentes por Tomar (IpT), Pedro Marques, alertou para a necessidade de criar uma estratégia para a área do ambiente, no qual se inclui uma Comissão Municipal do Ambiente, para proteger a "poluição" no rio Nabão. Pedro Marques deixou a sugestão na última reunião camarária depois de, há cerca de duas semanas, terem aparecido centenas de peixes mortos no açude da Matrena, perto de Tomar. A proposta de criação de uma Comissão Municipal do Ambiente foi apresentada pelos vereadores do PSD e chumbada pela maioria PS/CDU que lidera o executivo.A presidente da Câmara de Tomar, Anabela Freitas (PS), não concordou com a proposta dos vereadores do PSD, João Tenreiro e António Jorge, por considerar que a mesma é "muito abrangente" na representatividade política. "Uma vez que vai ser o executivo a executar as medidas deste Conselho Municipal do Ambiente, não deve ser a câmara municipal a criá-lo. Deve ser a assembleia municipal a propor a sua criação", justificou na altura a autarca para recusar a proposta da oposição.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo