Política | 09-01-2018 00:02

Vereadora de Santarém suspende mandato por mais 181 dias

Vereadora de Santarém suspende mandato por mais 181 dias
Foto - O MIRANTE

Cláudia Coutinho (PSD) tomou posse mas não chegou a assumir funções no executivo por se encontrar ausente do país.

A vereadora da Câmara de Santarém Cláudia Coutinho (PSD) voltou a pedir a suspensão do mandato, desta vez por 181 dias (seis meses), renovando a suspensão por 90 dias que tinha pedido pouco depois da tomada de posse, no final de Outubro. A autarca, que está a viver em Angola, não chegou a assumir funções no executivo camarário, onde tem sido substituída por Ricardo Rato, que se encontra a meio tempo e com vários pelouros atribuídos pelo presidente Ricardo Gonçalves (PSD).

O pedido de suspensão de mandato foi aprovado na reunião de câmara de segunda-feira, 8 de Janeiro, e tal como quando do primeiro pedido, o vereador do PS Rui Barreiro comentou o assunto, chamando a atenção para o facto de Cláudia Coutinho se ter apresentado como candidata a um acto eleitoral quando não estava em condições de assumir o cargo caso fosse eleita, por se encontrar a residir em Angola.

Rui Barreiro reconheceu que o pedido de suspensão do mandato é uma prerrogativa legal mas referiu que esta situação gera “instabilidade” na gestão do município, levando a que haja um vereador a assumir funções de forma transitória, sem saber muito bem por quanto tempo mais.

Na resposta, o presidente da câmara desvalorizou o assunto e referiu que é normal a troca de vereadores durante o mandato, como se verificou aliás noutras ocasiões.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo