Política | 08-03-2018 16:00

Municípios de Tomar e Ourém e APA vão delinear estratégia para travar poluição no Nabão

Municípios de Tomar e Ourém e APA vão delinear estratégia para travar poluição no Nabão
Foto O MIRANTE

Presidente da Câmara de Tomar, Anabela Freitas, foi recebida esta quarta-feira pelo ministro do Ambiente.

Os municípios de Tomar e de Ourém e a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) reúnem-se na próxima segunda-feira, 12 de Março, para “delinear uma estratégia de actuação” sobre a poluição no rio Nabão, informou a Câmara de Tomar.

A reunião realiza-se depois de o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, ter recebido, na quarta-feira, 7 de Março, a presidente da Câmara Municipal de Tomar, Anabela Freitas, na presença de um representante da APA e do deputado Hugo Costa, na sequência do pedido de reunião urgente feito pela autarca na passada sexta-feira, dia em que apresentou queixa às entidades fiscalizadoras "face aos focos evidentes de poluição existentes no rio Nabão”.

O comunicado da autarquia refere que alguns resultados das análises feitas, tanto pela APA como pelo município, serão conhecidos até ao final da semana e os restantes no decurso da próxima. Na monitorização feita a todo o curso do rio Nabão, “foram detectadas 12 possíveis origens da poluição registada”.

Na sexta-feira, Anabela Freitas disse que tinha pedido uma audiência com carácter de urgência ao ministro do Ambiente, porque os episódios de poluição no rio Nabão se repetem “há vários anos e urge identificar as suas origens”.

Anabela Freitas disse que as descargas poluentes no rio em momentos de aumento de caudal têm sido “recorrentes”, tendo a situação ocorrida na quinta-feira, dia 01 de Março, sido “por demais evidente”, pela dimensão que assumiu durante o dia e pelo agravamento registado à noite.

Na reunião realizada no Ministério do Ambiente, “o representante da APA apresentou já alguns dos resultados disponíveis das análises realizadas às amostras recolhidas na passada sexta-feira”, tendo informado que foi feita nova recolha na segunda-feira, acrescenta o comunicado.

Quanto às análises pedidas pelo município de Tomar a um laboratório especializado, “haverá alguns resultados até ao final desta semana e os restantes no decurso da próxima”, adianta.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo