Política | 03-05-2018 10:01

Câmara de Santarém desistiu de instalar associações no antigo Escala 4

Município rescindiu contrato de arrendamento do antigo centro comercial, que teve alugado durante quase dois anos.

A Câmara de Santarém já rescindiu o contrato de arrendamento com o proprietário do edifício onde em tempos funcionou o centro comercial Escala 4, no centro histórico da cidade, que o município alugou para albergar associações e colectividades. O imóvel nunca chegou a ser utilizado para esse fim, alegadamente por desinteresse dessas entidades mas a autarquia esteve a pagar uma renda mensal de 2.500 euros desde o Verão de 2016 até este mês de Abril.

A informação sobre a rescisão do contrato foi dada pelo presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves (PSD), durante a última sessão da assembleia municipal, após ser questionado pelo eleito Francisco Mendes, que disse tratar-se de uma despesa sem qualquer consequência positiva.

Em reunião de câmara no início de Março, Ricardo Gonçalves já tinha admitido que o processo não correu como o esperado, referindo que algumas das associações desistiram de se instalar no espaço. Mas na altura mantinha a intenção de criar nos dois pisos superiores do prédio uma espécie de casa das colectividades.

Tal como O MIRANTE noticiou em Agosto de 2016, a Câmara de Santarém negociou nesse Verão o arrendamento do antigo centro comercial Escala 4 para ali instalar algumas associações e colectividades da cidade. A autarquia comprometeu-se a pagar 2.500 euros por mês ao proprietário do imóvel de três pisos situados na Rua Capelo e Ivens, junto à Igreja de São Nicolau. As associações deveriam ocupar gratuitamente todos os espaços devolutos do edifício, numa estratégia que visava também contribuir para a dinamização da zona antiga da cidade.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo