Política | 06-07-2018 13:08

Assembleia Municipal de Santarém quer adiar projecto da Av. Afonso Henriques

Assembleia Municipal de Santarém quer adiar projecto da Av. Afonso Henriques

Presidente da Câmara de Santarém diz que esta decisão da assembleia não vai afectar o processo que visa a requalificação da avenida.

A Assembleia Municipal de Santarém aprovou uma moção da bancada do Partido Socialista que defende o adiamento do processo tendente à requalificação da Avenida D. Afonso Henriques, no centro da cidade, e a elaboração, até final do ano, de uma solução integrada para toda a zona dessa avenida e Campo Emílio Infante da Câmara.

A moção foi aprovada graças aos votos de alguns eleitos da bancada do PSD, afectos à ala de José Gandarez, que alinharam com a posição dos socialistas. O PS considera que essa intervenção na Avenida D. Afonso Henriques só faz sentido se for integrada num projecto global para aquela zona e afirma que “uma inadequada intervenção afectará de forma irreversível o futuro de toda a área envolvente”.

Do outro lado está a maioria PSD que gere a câmara e também a direcção da bancada do partido na assembleia municipal, que se sustentam numa informação do Departamento Técnico e Gestão Territorial - Divisão de Obras e Projectos do município para alegar que a requalificação da avenida não colide com uma posterior intervenção no Campo Infante da Câmara.

A O MIRANTE, o presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves (PSD), diz que esta decisão da assembleia municipal não vai afectar o processo que visa a requalificação da avenida, que se encontra na fase de elaboração do projecto. “Fui eleito para tomar decisões” diz.

A empreitada tem fundos comunitários garantidos e, segundo o autarca, é mesmo para avançar, embora sublinhe que respeita as posições da assembleia municipal e que é importante consensualizar ideias já em 2019 sobre o futuro do Campo Infante da Câmara.

Notícia mais detalhada na próxima edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo