Política | 12-09-2018 08:21

Tomar mostra obras em curso no município

Tomar mostra obras em curso no município

Visita revelou onde estão a ser aplicados mais de três milhões de euros.

O município de Tomar apresentou esta terça-feira, 11 de Setembro, à comunicação social o conjunto de obras em curso no município. O périplo revelou onde estão a ser aplicados mais de três milhões de euros.

A visita teve início no centro histórico da cidade nabantina, na Sinagoga, uma empreitada iniciada em Novembro de 2017, com 130 dias de prazo de execução que foram ultrapassados pelas singularidades da própria obra, como os vários achados arqueológicos feitos no local. A nova data prevista para finalização é 30 de Setembro deste ano e o custo situa-se acima dos 227 mil euros.

Seguiu-se o Centro Comunitário de Apoio Familiar, na Avenida Fonseca Simões, onde estão a ser construídos cinco apartamentos, de diversas tipologias, para acolher temporariamente famílias de etnia cigana do bairro do Flecheiro. As fundações estão a ser terminadas e até ao final de Janeiro de 2019 devem estar montadas as habitações em pré-fabricado. A obra tem um custo de perto de 340 mil euros.

A empreitada de requalificação urbanística da Rua Corredoura do Mestre, adjudicada por 594 mil euros, tem executado, até ao momento, perto de 20% deste valor, em intervenções ao nível da rede de infra-estruturas (água, gás, telecomunicações e electricidade), todas enterradas. Uma obra que incluirá ainda uma rotunda no acesso para Santa Marta e que deverá estar concluída em Maio de 2019.

A manhã terminou com a visita ao Centro Escolar da Linhaceira, a empreitada com o valor mais avultado de todo o conjunto, com um custo de 1.498.618,00 euros. Também aqui se vê pouco mais que as fundações que, segundo o engenheiro António Guerreiro, director do departamento de obras municipais, são sempre o mais demorado. O projecto prevê uma construção de 1713 m2 de área bruta, com pátios e recreios incluídos, e deverá estar concluído em Maio de 2019.

Para a tarde ficaram reservadas as visitas à empreitada de requalificação da Estrada Municipal 530-2, em Olalhas, e à Ecovia, em Além da Ribeira.

A primeira inclui a pavimentação da Rua do Picoto e a requalificação da estrada do Vale do Pereiro, com mais de 60% dos 322.978,32 euros já executados e com final previsto para 24 de Setembro deste ano. A segunda, que se estende desde a Arrascada até à Fábrica do Prado, numa extensão de cerca de três quilómetros, ronda os 137 mil euros e contempla troços em piso betuminoso e outros em estrado de madeira e inclui três zonas de atravessamento. A Ecovia foi um projecto apresentado no Orçamento Participativo de 2015 e deverá estar concluída em Janeiro de 2019.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo