Autárquicas 2013 | 02-10-2013 14:40

PS manteve Câmara do Cartaxo mas sem maioria absoluta

PS manteve Câmara do Cartaxo mas sem maioria absoluta
O Partido Socialista conseguiu manter em sua posse a Câmara Municipal do Cartaxo, que lhe pertence desde as primeiras eleições autárquicas, mas vai ter de enfrentar um mandato sem maioria absoluta, pois passou a ter apenas três eleitos (em sete) no executivo, menos um do que no mandato que agora cessa.Quem baralhou as contas foi o movimento independente liderado pelo actual presidente Paulo Varanda, que resultou de uma cisão interna no PS local, que elegeu dois vereadores, tantos como o PSD que manteve a sua representação no executivo apesar de ter ficado aquém das expectativas. Quem perdeu o seu eleito no executivo foi a CDU.Pedro Magalhães Ribeiro cumpriu o sonho de ser presidente da Câmara do Cartaxo e em declarações a O MIRANTE na noite eleitoral afirmou estar muito satisfeito com a vitória alcançada e referiu estar apto para assumir o cargo, mesmo tendo consciência das dificuldades que a câmara enfrenta, nomeadamente a nível financeiro.O PS foi o partido que conquistou mais mandatos para a assembleia municipal, 9 no total, seguindo-se os independentes com 5, PSD com 5 e CDU com 2. O Bloco de Esquerda deixou de ter representação nesse órgão autárquico.Quanto às freguesias, o PS venceu Ereira/Lapa, Cartaxo/Vale da Pinta, Vila Chã de Ourique e Vale da Pedra. Os independentes conquistaram Valada e Pontével.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Vale Tejo