26º Aniversário | 20-11-2013 15:26

A nossa única preocupação é com o outro

A Santa Casa da Misericórdia de Tomar foi fundada em 1510 e tem como seu provedor Fernando de Jesus. Na instituição, com sede na Rua Infantaria XV n.º 9 E, 1.º andar, trabalham 160 colaboradores distribuidos pelas dez valências que são as seguintes: Lar (82 utentes), Centro de Dia (27 utentes), Apoio Domiciliário (65 utentes), Centro de Acolhimento de Crianças em Risco (14 crianças em internamento), Farmácia da Misericórdia, Casa Mortuária, Empresas de Insercção de Lavandaria e Limpeza (15 funcionários), Unidade de Cuidados Continuados de Longa Duração (23 camas) e Unidade de Internamento Privada.O Edifício Social para Residências para População Adulta ainda está em construção num terreno junto às imediações do Lar Nossa Sra. da Graça, perto da igreja de Santa Maria dos Olivais. O investimento total da obra, construção e equipamentos ronda os 2 milhões e 300 mil euros, com data prevista de inauguração em Fevereiro de 2014. O edifício contará com 35 quartos, devidamente equipados, sendo 21 de casal, 4 duplos e 10 individuais, para além de sala de refeições e salas de convívio. Destina-se a idosos autónomos, que não carecem de cuidados especiais de acompanhamento, tendo uma vivência interna de completa liberdade para deslocações ao exterior e de utilização dos serviços internos, nomeadamente para refeições, pois todos os quartos estão equipados com kitchenette.Outra das valências mais relevantes da instituição é a Unidade de Cuidados Continuados, destinada a pessoas com alta dos hospitais mas sem condições de regressar a casa no imediato. Funciona no edifício do antigo Hospital da Misericórdia desde Março de 2008. É aqui que os serviços de animação social desenvolvem esforços para proporcionar aos utentes uma melhor qualidade de vida diária, como a alimentação, higiene e conforto, procurando ainda oferecer um leque de actividades que promovam o convívio inter-geracional.Em paralelo, a Santa Casa da Misericórdia iniciou, em Agosto de 2011, a implementação do Sistema de Gestão da Qualidade, no âmbito de um projecto da Nersant. Foi a décima primeira instituição particular de solidariedade social (IPSS) do distrito a aderir a este projecto, especificamente direccionado para as instituições da Economia Social e que se destina a apoiá-las na concepção e implementação de um sistema de gestão da qualidade, de acordo com os requisitos gerais da norma NP EN ISO 9001:2008.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Médio Tejo