uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Filomena Magriço de Oliveira

Filomena Magriço de Oliveira

Empregada de balcão na Silvióptica, Almeirim e Chamusca

Edição de 06.09.2017 | Agora Falo Eu

Sendo o preço médio de mil litros de água da rede um euro e meio, podemos dizer que a água está cara? Não. Com o que não concordo é com as taxas de saneamento e muitas outras taxas.

Sabe o que anda a fazer neste mundo? Se vim ao mundo foi por algum motivo e por isso tento fazer tudo para ser melhor.

Gostaria de viver numa cidade sem semáforos nem sinais de trânsito? Viver numa cidade sem semáforos nem sinais de trânsito seria uma confusão total.

Subscrevia uma proposta para termos outro hino nacional? Não subscrevia qualquer proposta para termos outro hino. Gosto do que temos porque acho que reflecte a nossa identidade e nos distingue bem de todos os outros países e nacionalidades.

Tem alguma tatuagem ou já pensou em fazer uma? Não tenho qualquer tatuagem mas ando a pensar fazer uma.

Este mundo está perdido? No mundo actual as pessoas só pensam no seu próprio bem-estar sem olhar para quem está em seu redor. Mas é evidente que não há regra sem excepção.

Alguma vez pediu o livro de reclamações? Nunca utilizei qualquer livro de reclamações porque nas alturas em que fui mal atendida e poderia fazê-lo acabei por chegar sempre a um entendimento.

O ensino do fandango devia ser obrigatório nas escolas ribatejanas? Não. Cada criança deve ter a actividade que escolher. Não se deve impor uma actividade só porque é característica da região.

Durante quanto tempo é capaz de guardar um segredo? O tempo que for necessário. Um segredo é um segredo.

Como é um dia bem passado? Um dia bem passado é em família, de preferência em passeio acompanhado por boa comida.

Alguma vez sentiu orgulho em ser cidadã europeia? Sinto orgulho em ser cidadã europeia, nomeadamente quando penso em termos de cultura, educação e de leis e políticas que são comuns a todos os países.

Deitar cedo e cedo erguer dá saúde e faz crescer? É um ditado que traduz que devemos ter o descanso necessário no nosso dia-a-dia.

Tem alguma superstição? Sim, não gosto de passar por debaixo de cordas.

O que é bom é para se ver? Por vezes o melhor é para manter resguardado.

O que gostava de fazer e não faz para não cair no ridículo? Que me lembre, nada.

Quais as personagens históricas que mais despreza? O Hitler, por ter provocado a 2ª Guerra Mundial.

Alguma fez assistiu a uma tourada ao vivo? Já assisti a um tourada ao vivo e acho que a tauromaquia é uma tradição que deve ser mantida e respeitada.

Era capaz de dar trezentos euros por uns sapatos? Não era capaz de dar trezentos euros por uns sapatos mas não critico quem o faça.

Gosta de grandes reuniões familiares? Sim, em ocasiões especiais, como Páscoa, Natal e aniversários.

Quem lhe contava histórias quando era criança? Os meus pais.

A que petisco não resiste? A uma bela mariscada. É um dos meus pratos favoritos.

À mesa, branco ou tinto? Nem branco, nem tinto. Não gosto de bebidas alcoólicas.

É daquelas pessoas que gosta de estacionar o automóvel à porta de todos os locais onde vai? Sim. Confesso que sou um pouco comodista.

Já aderiu à moda das caminhadas? As pessoas que fazem caminhadas estão a aderir a um estilo de vida mais saudável.

Ainda acredita nos políticos? De um modo geral não acredito nos políticos. Acho que quando se apanham no poder são todos parecidos. Acho que não mudou nada.

Costuma gastar dinheiro com o futebol? Vai ao estádio ver os jogos? Nunca entrei num estádio de futebol mas sou do Benfica. Gosto que o meu clube ganhe mas não sofro quando isso não acontece.

Quantos amigos já tem no Facebook? Tenho quinhentos amigos no Facebook. Acho que as redes sociais são úteis e também podem ser usadas como uma ferramenta de trabalho.

Óculos de sol por questões de estética e de moda ou por necessidade? Os óculos de sol são essenciais para proteger os olhos dos raios UV, que podem provocar lesões, principalmente ao nível da retina, causando danos cumulativos e irreversíveis como cataratas.

Filomena Magriço de Oliveira

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...