uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Incêndio no Cartaxo desaloja família e faz dois feridos graves
Família vivia há cerca de um mês nesta casa arrendada

Incêndio no Cartaxo desaloja família e faz dois feridos graves

Fogo destruiu apartamento onde habitava uma família de quatro pessoas, duas delas crianças.

Edição de 06.12.2017 | Sociedade

Duas pessoas ficaram feridas com gravidade num incêndio que destruiu na totalidade, na madrugada de terça-feira, 5 de Dezembro, um terceiro andar de um prédio na Rua Horta da Fonte, no Cartaxo. Na habitação estavam quatro adultos, três homens e uma mulher, com idades entre os 32 e 44 anos, e duas crianças, com três meses e três anos.
Alcina Rodrigues, moradora no segundo andar do prédio, explica que tudo se passou muito rápido. Foi o filho do administrador do condomínio que deu conta da situação e começou a tocar em todas as campainhas.
Ainda se tentou entrar na habitação mas, como estava muito fumo, foi completamente impossível. Entretanto, o casal que residia na casa refugiou-se na varanda do quarto com as crianças de três anos e três meses e um dos dois outros homens que também estavam na casa atirou-se da janela. “Ninguém se apercebeu de nada com tanta gritaria e com tanto fumo negro que saía por todo o lado. Só demos conta porque ouvimos gemidos e a dizerem que o senhor estava morto”, adianta Alcina Rodrigues.
Os Bombeiros Municipais do Cartaxo chegaram rapidamente e a família foi retirada do edifício. O casal ficou ligeiramente ferido com queimaduras nas mãos e as crianças foram assistidas por inalação de fumo. Os dois homens que estavam a passar uns dias de férias na casa do casal ficaram gravemente feridos, um com queimaduras de 2.º grau e outro com uma fractura exposta num dos membros inferiores.
Ainda não se conhecem as causas do incidente mas, para a moradora do prédio, as suspeitas apontam para que o incêndio tenha tido origem numa lareira. “Penso que terá sido uma faúlha que foi parar ao sofá e começou a arder”, acredita. A família, que residia há cerca de um mês naquela casa arrendada e que ficou sem nada, foi realojada para já em casa de familiares. O incêndio ficou circunscrito a esse andar, não tendo causado danos nos outros apartamentos. “O prédio está em condições de ser habitado. Não ficou danificado”, explica o administrador do prédio.
O alerta foi dado às 4h14 da madrugada e no local estiveram os Bombeiros Municipais do Cartaxo e os Bombeiros Voluntários de Santarém. O incêndio foi dado como extinto pelas 5h30. As autoridades tomaram contra da ocorrência e estão a investigar o caso.

Incêndio no Cartaxo desaloja família e faz dois feridos graves

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...