uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Empresas de territórios afectados por incêndios podem beneficiar de apoios a fundo perdido
Aspecto da sessão de informação em Abrantes destinada a empresas do concelho

Empresas de territórios afectados por incêndios podem beneficiar de apoios a fundo perdido

NERSANT apresentou sistema de incentivos a micro e pequenas empresas nos concelhos do Médio Tejo abrangidos pela medida.

Edição de 15.03.2018 | Economia

Abrantes, Ferreira do Zêzere, Mação e Sardoal são os quatro concelhos do Médio Tejo abrangidos pelo aviso especial do SI2E - Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego, direccionado exclusivamente para os territórios afectados pelos incêndios. A NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém esteve em cada um desses concelhos a explicar o incentivo, que dá apoio a fundo perdido de 50 ou 60% a investimentos até 235 mil euros.
Nas sessões, que decorreram entre os dias 28 de Fevereiro e 2 de Março, a associação apresentou o sistema de incentivos, tendo explicado que o mesmo visa apoiar de forma simplificada pequenos investimentos empresariais de base local e complementar os actuais incentivos às empresas do domínio da competitividade. A data limite para apresentação de candidaturas é 27 de Abril (18h00). A NERSANT dá apoio na elaboração de candidaturas, devendo os interessados contactar a associação através do e-mail portugal2020@nersant.pt ou do telefone 249 839 500.
A associação informou ainda que o incentivo é dirigido a micro e pequenas empresas, inseridas em todas as actividades económicas - à excepção do sector da pesca e da aquicultura, do sector da produção agrícola primária e florestas, do sector da transformação e comercialização de produtos agrícolas, das actividades financeiras e de seguros e de lotarias e outros jogos de aposta - com investimentos até 235 mil euros e que criem postos de trabalho.
O incentivo tem por base o local do investimento e não a localização da sede da empresa, pelo que as empresas que não sejam dos concelhos de Abrantes, Ferreira do Zêzere, Mação e Sardoal podem candidatar-se, desde que o investimento seja realizado nestes concelhos.
Ainda de acordo com a NERSANT os projectos de empresas criadas há menos de cinco anos têm maior majoração na hora de receber os incentivos, uma vez que terão direito a 60% a fundo perdido, enquanto que as restantes empresas terão direito a 50%.

Empresas de territórios afectados por incêndios podem beneficiar de apoios a fundo perdido

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...