uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Câmara de Coruche vai ter incubadora de empresas
Francisco Oliveira diz que Coruche vai ter uma incubadora de empresas ate final do ano

Câmara de Coruche vai ter incubadora de empresas

Espaço vai ser instalado no primeiro andar do antigo quartel dos bombeiros da vila, edifício onde foi inaugurado no sábado o Núcleo Rural de Coruche.

Edição de 24.05.2018 | Sociedade

A Câmara de Coruche quer criar uma incubadora de empresas até ao final deste ano, no primeiro andar do edifício do antigo quartel dos bombeiros da vila. A informação foi dada no sábado, 19 de Maio, durante a inauguração do Núcleo Rural de Coruche no rés-do-chão do mesmo imóvel onde se pretende instalar a incubadora de empresas. De acordo com o presidente do município, Francisco Oliveira (PS), esta ideia parte da necessidade de haver em Coruche um local que possa receber e dar condições de trabalho aos novos empreendedores.
Até lá, referiu o autarca, “neste que é o Ano Europeu do Património Cultural, inauguramos o Núcleo Rural de Coruche”. Um espaço de memória e identidade mas também de experimentação e de saber-fazer associado aos ofícios e actividades artesanais. “Neste núcleo museológico podemos encontrar a exposição ‘Dos ranchos de gente às máquinas de mil braços: cultivar memórias, semear e aprender’ que conta as profundas alterações ocorridas nas paisagens do vale do Sorraia e as mudanças vivenciadas pela população durante o processo de mecanização da agricultura no território”, adianta Francisco Oliveira.
E porque o Núcleo Rural de Coruche pretende ser dinâmico o espaço irá receber também várias exposições temporárias durante o ano, como a inaugural que é dedicada aos bombeiros. Uma exposição intitulada “Um quartel de Memórias” que pretende ser uma singela homenagem aos soldados da paz.
O edifício do antigo quartel dos bombeiros municipais foi construído em 1929. A partir daí foi a “casa” da formação de bombeiros até 2012, quando passaram para as novas instalações, abrindo-se caminho para a criação do Núcleo Rural de Coruche. O espaço conta com um átrio que receberá exposições temporárias, um pequeno auditório para receber colóquios e conferências, um pátio para várias actividades culturais, uma sala com a exposição: “Dos ranchos de gente às máquinas de mil braços”, um Centro de Artes, Ofícios e Profissões Tradicionais (CAOST) com a mostra das profissões de antigamente e dos locais mais frequentados como a mercearia e a taberna.

Câmara de Coruche vai ter incubadora de empresas

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...