uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Freguesia de Bugalhos celebrou 799 anos com homenagem aos párocos
O presidente da Junta de Bugalhos, José Luís Ramos, com o padre António Pereira

Freguesia de Bugalhos celebrou 799 anos com homenagem aos párocos

Presidente da junta aproveitou a sessão para pedir à Câmara de Alcanena que arranje a estrada entre Pousados e a sede de concelho. O apelo não caiu em saco roto.

Edição de 24.05.2018 | Sociedade

A freguesia de Bugalhos assinalou no dia 15 de Maio os 799 anos da constituição da confraria medieval de Bugalhos, que sustentou a criação da freguesia. Na cerimónia foram homenageados antigos e actuais párocos.
O padre António Vicente, padre João Miguel Barreira, padre Diamantino Marques, padre António Pereira e o padre Carlos Miguel Vieira, que chegou há seis meses para ajudar o padre Pereira nas celebrações em Bugalhos, Monsanto e Alcanena.
Antes das homenagens, com muita população presente, o presidente da junta, José Luís Ramos, deixou um pedido urgente à Câmara de Alcanena: a requalificação da estrada que liga Pousados a Alcanena, e que espera ver concluída no próximo ano, quando a freguesia celebrar os 800 anos.
António Vicente foi o padre que há vinte anos celebrou vários casamentos no concelho de Alcanena, entre os quais o do presidente da Junta de Bugalhos, José Luís Ramos, com Carla Ramos. Com uma jovialidade contagiante, o pároco lembrou as mudanças que verificou na freguesia nas últimas duas décadas.
“De uma terra parada e escura” e de “mentalidade fechada” passou a ser “uma aldeia com vida, eventualmente devido ao facto de muitos jovens terem ido estudar para fora, alargando horizontes”. O padre frisou ainda a necessidade de ter boas estradas para motivar os jovens a fixarem-se nas aldeias.
A vice-presidente da Câmara de Alcanena, Maria João Gomez, lembrou que a presidente Fernanda Asseiceira já prometeu que o processo administrativo do arranjo da estrada deverá avançar em 2018, para as obras poderem concretizar-se em 2019. “Todos sabemos que esta estrada é muito importante para a população, é uma via com muita circulação e está em agenda”, reforçou a autarca.
O padre António Pereira anunciou que a sua carreira deverá terminar nas paróquias de Alcanena, Monsanto e Bugalhos, onde serve actualmente, ajudado pelo padre Carlos Miguel Vieira. “Eu não passo de uma ave de arribação que aqui parou, sinto-me bem aqui e aqui devo terminar a minha carreira. Estou no sítio certo. Depois de ter corrido mundo e participado em tantas associações, sinto-me acarinhado nesta ponta final”, concluiu.

Freguesia de Bugalhos celebrou 799 anos com homenagem aos párocos

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...