uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Ribatejanos no europeu de futsal para pessoas com diabetes

Seleccionador Bruno Fuzeiro e os jogadores Jorge Vieira e André Freixieiro integram equipa que representa Portugal na competição, que decorre na Eslováquia.

Edição de 27.07.2018 | Desporto

A equipa de futsal portuguesa DiabPT United está a participar, pela sexta vez consecutiva, no DiaEuro 2018, um campeonato internacional dedicado às pessoas com diabetes que este ano decorre até 29 de Julho, em Bratislava, na Eslováquia.
Jorge Vieira, de 29 anos, natural de Alcanede (concelho de Santarém), é um dos estreantes a representar a equipa das quinas. Já o ano passado tinha sido um dos pré-convocados para fazer parte da equipa que participou na edição anterior do DiaEuro que decorreu em Bucareste, na Roménia.
Na baliza está André Freixieiro, natural de Rio Maior. É a quarta vez que participa neste campeonato europeu. O jovem participou recentemente no Tour du Mount Blanc, percorrendo ao longo de seis dias um total de 105 quilómetros. Uma caminhada onde participam pessoas com diabetes tipo 1 provenientes de vários países e que tem o objectivo de demonstrar que a patologia não é inibidora de alcançar os mais diversos feitos por parte de quem dela padece.
Pela segunda vez a treinar a equipa da selecção nacional está Bruno Fuzeiro, de 43 anos, natural de Azambuja e a residir em Santarém. Bruno, além de ter uma larga experiência no futsal, é o único elemento da equipa técnica sem diabetes.
Ainda o ano passado (ver edição de 28 de Junho de 2017) O MIRANTE acompanhou a equipa de futsal DiabPT United no estágio de preparação que se realizou em Santarém. Na altura, falámos com o pré-convocado Jorge Vieira, o treinador da selecção nacional, Bruno Fuzeiro, e a ‘manager’ da equipa, Jenifer Duarte.
Para eles, a diabetes não é inibidora da prática desportiva, muito pelo contrário. “Os treinos são exactamente iguais aos das equipas que não tem jogadores com diabetes”, admite Bruno Fuzeiro, referindo que a única diferença é que devem ter cuidados especiais e controlar a doença, o que já fazem naturalmente no seu dia-a-dia.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...