uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Arranquem as árvores da minha rua cujo melaço me obriga a lavar o carro diariamente

Edição de 27.07.2018 | O MIRANTE dos Leitores

Sou samorense e há 5 anos que resido na Rua António Silva, lote 38, no Porto Alto. Também há 5 anos que faço constantes reclamações de um problema que, apesar de tudo, subsiste. Agora acabou-se-me a paciência!!!
Graças à escolha infeliz das árvores que colocaram em frente ao meu prédio (que nem sequer são regadas) tenho o carro constantemente coberto de melaço com necessidade de lavagem diária.
Quando entro no carro nem visibilidade tenho nos vidros da frente ou traseiro devido a essa substância. Trata-se de uma questão de segurança porque dificulta manobrar o veículo e ainda por cima com uma criança de meses no banco traseiro. As portas colam, os vidros colam também e não há orçamento possível para suportar esta despesa diária.
Portanto a partir de hoje exijo que arranquem as ditas árvores ou as substituam por arbustos menos nocivos. Doravante enviarei todas as facturas da lavagem dos carros desta família para a câmara municipal, exigindo o seu pagamento, pois é daquela autarquia a responsabilidade do que se passa e eu também tenho pago os meus impostos sem saber no que são aplicados.
Irei apresentar queixa às entidades competentes, encher a caixa de e-mail da câmara com reclamações/queixas, mover acções e reportar o assunto à comunicação social e aos vereadores da oposição pois estou muita desiludida com esta câmara como nunca estive anteriormente. O município está doente e continua a haver munícipes de primeira e de segunda categoria.
Teresa Ferreira

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...