uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Há mais 135 vagas nos politécnicos ribatejanos
Em Tomar há este anos mais 63 vagas

Há mais 135 vagas nos politécnicos ribatejanos

Institutos de Tomar e Santarém totalizam perto de 1.500 vagas para 2018

Edição de 27.07.2018 | Sociedade

O concurso nacional de acesso ao ensino superior 2018 abriu no dia 18 de Julho. Nos dois politécnicos do distrito de Santarém há mais 135 vagas que em 2017, repartidas entre o reforço de vagas de cursos já existentes e criação de novos cursos. O Instituto Politécnico de Santarém (IPS) apresenta para o ano lectivo de 2018/2019 mais 72 vagas que no ano anterior. Já a oferta do Instituto Politécnico de Tomar conta com mais 63 vagas.
Dentro do IPS, a Escola Superior Agrária de Santarém apresenta dois novos cursos com 20 vagas cada. São eles Tecnologia e Gestão Agroindustrial e Dieta Mediterrânica e Ciência dos Alimentos. Na Escola Superior de Educação de Santarém também há a registar a abertura de um novo curso, Produção Multimédia em Educação, com 25 vagas, e o aumento em cinco vagas para o curso de Educação Social. Cinco vagas é também o aumento de capacidade para o curso de Informática da Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém. Já a Escola Superior de Desporto de Rio Maior mantém a oferta de 2017 tanto em termos de vagas como de cursos, assim como a Escola Superior de Saúde.
No Politécnico de Tomar, a Escola Superior de Gestão de Tomar tem mais seis vagas disponíveis para o curso de Gestão de Empresas, enquanto a Escola Superior de Tecnologia de Abrantes abriu o curso de Cinema Documental, com 20 vagas. A Escola Superior de Tecnologias de Tomar tem mais cinco vagas no curso de Engenharia Electrotécnica e de Computadores, mais sete no curso de Construção e Reabilitação e 25 novas vagas para o curso estreante de Tecnologia Química.
Também os vizinhos Politécnicos de Castelo Branco e Leiria viram reforçado o número de vagas em parte dos cursos que ministram. O Instituto Politécnico de Castelo Branco apresenta 74 novos lugares, cerca de metade dos quais vão para o novo curso de Gestão da Escola de Gestão de Idanha-a-Nova. O Instituto Politécnico de Leiria, que não apresenta nenhum curso novo, vê as suas 44 novas vagas distribuídas entre os cursos já existentes, como Gestão Industrial, Engenharia Mecânica, Marketing, Contabilidade e Finanças, entre outros.

Diminuir vagas em Lisboa e Porto e aumentar no interior

A decisão do Ministério da Ciência e do Ensino Superior de reduzir as vagas oferecidas nas universidades e politécnicos de Lisboa e do Porto em 5%, permitindo um aumento da mesma ordem nas restantes regiões do país, é a maior novidade do concurso de acesso ao ensino superior de 2018. O objectivo é promover um maior equilíbrio territorial na distribuição de vagas e diminuir a deslocação de estudantes para as duas maiores cidades do país.
Das 50.852 vagas disponíveis nas universidades e politécnicos a nível nacional, 4.173 pertencem aos politécnicos de Santarém, Tomar, Castelo Branco e Leiria, segundo dados da Direcção-Geral do Ensino Superior.

Há mais 135 vagas nos politécnicos ribatejanos

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...