uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Novo tribunal de Almeirim no novo ano judicial

Edição de 17.08.2018 | Sociedade

A mudança para as novas instalações do Tribunal de Almeirim devem ter início no final de Agosto, segundo afirma o presidente da Câmara de Almeirim, Pedro Ribeiro, abrindo assim no novo ano judicial, que começa em Setembro. As obras para a instalação do tribunal no edifício onde funcionava a junta de freguesia arrancaram em Janeiro deste ano.
“Há cerca de quatro anos fomos confrontados com a possibilidade de este serviço público fechar, tendo em conta as condições do ex-posto da GNR, onde tinha sido instalado o tribunal inicialmente. Trabalhámos em conjunto com a Administração Central, encontrámos soluções, em conjunto, e no final conseguimos manter o tribunal a funcionar na cidade”, diz o autarca. Pedro Ribeiro refere que “quem ganha é o cidadão com um serviço de proximidade”, e acrescenta que este é “um bom exemplo de cooperação entre o Governo e a Câmara de Almeirim”.
A Câmara de Almeirim comprou o edifício onde funcionava a junta, na Rua Bernardo Gonçalves, arrendado por um particular, por 240 mil euros. O valor foi pago com recurso a um empréstimo bancário, a liquidar em prestações mensais durante 10 anos. A câmara vai arrendar as instalações ao Ministério da Justiça por cerca de 1800 euros mensais, o mesmo valor que este paga actualmente pelo antigo posto da GNR, onde o tribunal tem funcionado desde que foi criado há 16 anos, com limitações de espaço e falta de condições. Chegou mesmo a ser classificado como um dos piores tribunais do país, num relatório de 2014 da Associação Sindical de Juízes.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...