uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Com as obras já feitas as festas podiam voltar para junto do rio
Camila Ramos Gerente do Bar e Cafetaria Porto de Abrigo foto DR

Com as obras já feitas as festas podiam voltar para junto do rio

Edição de 31.08.2018 | Especial Póvoa de Santa Iria

Costumo ir todos os anos às festas da Póvoa de Santa Iria. Em particular gosto de ver os ranchos porque a minha mãe faz parte do Rancho dos Avieiros da Póvoa de Santa Iria.
Sou fiel às nossas tradições que ajudam a conservar a cultura genuinamente portuguesa. As festas trazem sempre muita gente à cidade. O convívio que há entre as pessoas que por vezes só se encontram nas festas, é muito salutar socialmente. São momentos de confraternização gratificantes e criam-se laços entre pessoas e terras diferentes que se perpetuam no tempo. Dar a conhecer a nossa terra e as belezas que ela tem é um dever de quem bem recebe.
As festas contribuem para a economia local pois as pessoas em geral e particularmente os visitantes compram artigos no comércio local e provam os petiscos na restauração.
Eu gostava que a festa voltasse às origens no lugar, que é junto ao rio uma vez que o local está a ficar cada vez mais atractivo com as obras realizadas de caminhos pedestres e ciclovias.
O Porto de Abrigo – Bar e Cafetaria, está num local privilegiado junto ao rio, no cais. Os nossos clientes ficam sempre encantados com a beleza do rio, que se vislumbra da nossa esplanada. Muitos outros clientes virão na procura de um lugar singular e da simpatia de quem os atende. Queremos fazer do Porto de Abrigo uma referência para os jovens e menos jovens para se divertirem nos fins-de-semana com música ao vivo e karaoke neste lugar único.

Com as obras já feitas as festas podiam voltar para junto do rio

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...