Discurso com recados para os empresários que ignoram o tecido social das terras

Discurso com recados para os empresários que ignoram o tecido social das terras

Director-Geral de O MIRANTE separou o trigo do joio na entrega dos Galardões. “A nossa fé é que, daqui para a frente, nunca mais vos esqueçamos a cada iniciativa deste galardão”, disse, dirigindo-se aos premiados.

Em tarde de entrega dos prémios Galardão Empresa do Ano, quinta-feira, 27 de Setembro, no Sardoal, o director-geral de O MIRANTE, Joaquim António Emídio, elogiou os empresários que sustentam o jornal e a NERSANT, duas forças vivas da região que, para além do serviço que prestam a leitores e associados, põem de pé há dezoito anos a distinção criada para dar visibilidade ao trabalho de quem cria riqueza e gera empregos, ajudando a fixar pessoas nas suas terras.
O momento era de elogiar e premiar empresas e empresários e, para realçar isso mesmo, Joaquim António Emídio fez questão de separar o trigo do joio, lembrando que apesar do distrito de Santarém ser uma região com um elevado índice de empreendedorismo de excelência existe o reverso da medalha.
“Falo por mim. O MIRANTE vive da publicidade e só da publicidade. É junto dos empresários da região que sustentamos há mais de 30 anos este projecto editorial e, até agora, nunca precisamos de esmolar nada a ninguém, nem de meter na gaveta notícias inconvenientes, nem de perseguir algumas das grandes empresas que nos ignoram literalmente enquanto poluem os rios e assobiam para o lado, porque a maior parte dos seus decisores vive em Cascais, ou no Estoril, e não sabe nada da região a não ser que temos uma excelente auto-estrada para Lisboa ou para o Porto e num excelentíssimo território”.
O administrador de O MIRANTE, que no início da sua intervenção tinha mencionado a dificuldade de escolher as empresas vencedoras, reconhecendo que por vezes é feita justiça mas que nem sempre será feita justiça com todos, referiu-se depois aos que nunca serão merecedores de um Galardão.
“Todos tiramos o chapéu aos empresários na generalidade, como tiramos o chapéu às pessoas mais velhas que nos merecem respeito embora algumas nem as conheçamos. Mas todos sabemos igualmente, esqueçamos agora os velhos, que há muitos empresários à força, nascidos de um certo oportunismo de mercado. Empresários que querem ficar ricos rapidamente, que não têm qualquer consideração pelo tecido social da terra onde têm as empresas e que se estão nas tintas para o país pobre e decadente que vão deixar de herança”.
Joaquim Emídio mencionou ainda “os empresários falhados, que só são empresários para darem cabo da vida deles e dos outros, e os que vão para a insolvência como quem vai dar um mergulho na piscina, nunca aprendendo com os erros”, salientou.
“E nós temos que os tolerar, embora fosse nossa obrigação levá-los apenas à reciclagem, que é uma coisa que ainda não existe nem é possível concretizar mas, quem sabe, um dia destes alguma dessas empresas de negócios inteligentes não aparece com uma boa ideia”, sublinhou ainda com humor.
No final da intervenção lembrou que O MIRANTE não tem nem nunca teve um posicionamento negativo quanto ao papel dos empresários e à sua importância no desenvolvimento do país e da região e justificou a afirmação: “Por isso temos um caderno de economia dentro da edição. Por isso temos esta parceria com a NERSANT. Por isso todas as semanas publicamos dezenas de notícias, que mais ninguém publica, exclusivamente sobre os nossos empresários e as nossas empresas. A nossa fé é que, daqui para a frente, nunca mais vos esqueçamos a cada iniciativa deste galardão”.
O director-geral de O MIRANTE considerou ainda que o facto de a cerimónia de entrega dos galardões decorrer no Sardoal era uma forma de mergulhar nas raízes, de rever memórias e de fortalecer o projecto.
“Não é fácil fazer jornalismo no Sardoal. Não há-de ser fácil para a NERSANT trabalhar neste território. Mas nós cá estamos. Porque temos um projecto de serviço público; porque não subestimamos as pessoas; porque gostamos da região onde vivemos”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo