Sociedade | 11-12-2004 21:58

Associação defende que circos podem ter magia sem uso de animais

Os circos podem ter magia e continuarem a ser "o maior espectáculo do mundo" sem recorrerem ao uso de animais, foi a mensagem hoje deixada pela Associação Animal às pessoas que ia assistir ao Circo Altas, em Lisboa.

Os circos podem ter magia e continuarem a ser "o maior espectáculo do mundo" sem recorrerem ao uso de animais, foi a mensagem hoje deixada pela Associação Animal às pessoas que ia assistir ao Circo Altas, em Lisboa.Numa acção de esclarecimento realizada em frente ao Circo Altas, a Associação Animal protestou contra o uso de animais em circo e sensibilizou as crianças e os adultos que iam assistir ao espectáculo para irem ao circo, mas só se não tiverem animais.A ideia de que o circo só é mágico e só tem qualidade se tiver animais é um erro grave. Existe uma alternativa clara ao uso de animais que passa pelo recurso à actuação dos artistas humanos", disse o director executivo da Associação Animal, Miguel Moutinho.O mesmo responsável destacou a existência do "novo circo", uma corrente circense que aposta exclusivamente "na qualidade e na magia das actuações dos artistas humanos".Para demonstrar a importância desta nova corrente circense, a Animal convidou para a acção de hoje um palhaço, que apelou às crianças e aos adultos para irem ao circo que não tenham animais.Miguel Moutinho condenou ainda a forma como são tratados os animais no circo, afirmando que são mantidos em jaulas exíguas, enferrujadas, sem higiene e mal alimentados.Como alternativa, sugeriu que os animais sejam retirados dos circos e colocados em santuários para que sejam recuperados e protegidos no sentido de terem uma vida seguro.De acordo com Miguel Moutinho, existem cerca de 400 animais em 24 companhias de circo que actuam em Portugal.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Vale Tejo